Pesquisar
Close this search box.
O surgimento da securitização e os FIDCs

A securitização de recebíveis surgiu da necessidade de as empresas robustecerem seu caixa, antecipando-se à finalização de seus negócios, com o recebimento, antes do prazo combinado, do valor de seus bens alienados, ou dos seus serviços prestados.

Trata-se, pois, de um mecanismo que objetiva transformar faturas ainda não pagas, ou dívidas de empréstimos em ser, em títulos de crédito, por aquelas lastreadas, negociáveis no mercado de capitais, por isso chamados de valores mobiliários.

>> Saiba mais no site da CONJUR

Mais
artigos